Skeel discute a reinvenção da gestão de pessoas

A gestão de pessoas e a liderança são constantemente confundidas, mas embora desempenhem papéis diferentes, ambas são fundamentais para o sucesso das organizações.

Pesquisas confirmam que faz parte da natureza humana experimentar estados mentais positivos e produtivos quando estamos contribuindo e sendo úteis.

Os líderes que “não acreditam” nesse tipo de estudo ou por outras razões o rejeitam devem reconsiderar urgentemente esse aspecto. 

A expectativa de vida média das empresas com faturamento anual mais alto diminuiu de 75 para 15 anos nos últimos 50 anos. Além disso, os dados mostram que apenas 13% da força de trabalho é apaixonada pelo que faz, apesar da infinidade de técnicas e recursos gastos em aprendizado e desenvolvimento. Números globais mostram que 80% dos funcionários não estão totalmente engajados no trabalho.

Uma cultura organizacional é um reflexo da consciência de seus líderes. O impacto negativo  pode ser observado como um “efeito cascata” em todas as equipes e na organização, com consequências múltiplas e aceleradas na comunicação, no comprometimento dos funcionários, na capacidade de inovação e outros aspectos do desempenho.

Como você pode ver a partir desses dados, temos um problema: algo está errado. O antigo modelo de liderança não funciona e está piorando. Uma grande mudança na gestão e na liderança é uma transformação há muito esperada. 

E é sobre esse assunto que o Especialista em inovação e gestão de pessoas, com mais de 25 anos de atuação desenvolvendo soluções tecnológicas para a área de RH como Chief Product and Technology Officer da Metadados, Gustavo Casarotto vai nos falar no  Webinar: Depois que tudo deu errado: Reinventando a Gestão de Pessoas, nome do seu recente livro lançado no CONARH, em São Paulo. 

O evento acontece no dia 24/05, às 14h. Marque em sua agenda e inscreva-se de forma gratuita no link: encurtador.com.br/ksHV0 e receba a notificação assim que estivermos online!